Criança detida por blasfémia no Paquistão

Agosto 20, 2012 às 8:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Notícia do Público de 20 de Agosto de 2012.

Menor terá queimado páginas do Corão

 Por PÚBLICO

Uma criança paquistanesa está detida depois de ter sido acusada de desrespeitar o Corão. O caso da menor, filha de pais cristãos, está a suscitar a ira entre a população maioritariamente muçulmana, que exige que a criança seja punida. A lei paquistanesa prevê a pena de morte para alguns destes casos.

Rimsha, que terá entre 11 e 12 anos e trissomia 21 ou síndrome de Down, foi detida na última quinta-feira em Mehrabad, um bairro em Islamabad habitado por perto de 800 paquistaneses cristãos, depois de uma multidão em fúria ter exigido que fosse punida. O que terá estado na origem da detenção da criança não foi ainda confirmado oficialmente. Um responsável da polícia local disse à agência noticiosa AFP, sob condição de anonimato, que a criança terá sido vista em público com páginas queimadas entre as quais se encontravam versos do Corão e outros textos islâmicos.

Rimsha foi ouvida na sexta-feira em tribunal mas não terá conseguido explicar o que aconteceu e entendido as questões que lhe foram colocadas. Ficou em prisão preventiva durante 14 dias, ao fim dos quais deverá comparecer de novo em tribunal.

O ministro paquistanês para a harmonia nacional, Paul Bhatti, citado pela BBC, sublinhou que a criança sofre de perturbações mentais e tudo indica que não terá “desrespeitado propositadamente o Corão”. Com base nos relatórios a que tive acesso, foi encontrada com um saco de lixo que também teria páginas do Corão”, acrescentou o responsável à estação de televisão britância. “O caso enfureceu a população local e uma multidão começou a exigir que fosse punida. A polícia esteve incialmente relutante em deter a menina mas cedeu perante a enorme pressão da multidão, que chegou a ameaçar que iria incendiar habitações de cristãos”, contou ainda o ministro.

O Presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, já ordenou que fosse aberto um inquérito à detenção da menor e entregou o caso ao ministro do Interior.

A acusação de blasfémia feita a Rimsha pela maioria muçulmana levou a que muitos cristãos abandonassem temporariamente o bairro de Mehrabad, receando represálias, adianta a AFP. “Estes cristão estão refugiados em casa de familiares noutros bairros da cidade mas já começaram a regressar progressivamente a Mehrabad”, disse à AFP Tahir Naveed Chaudhry, de uma organização que representa as minorias no Paquistão. Tahir Naveed Chaudhry confirmou à agência noticiosa que Rimsha tem trissomia 21, associada a algumas dificuldades de habilidade cognitiva e desenvolvimento físico. As limitações mentais da criança são, no entanto, contestadas pela comunidade muçulmana, que asseguram que esta é “completamente normal” e que apenas tem um comportamento estranho. Fala sozinha e anda de uma forma peculiar, adiantou uma menina que afirma conhecer Rimsha citada pelo Guardian.

A polícia é acusada de impedir que advogados ou outros representantes da sociedade civil visitem Rimsha. “O Fórum de Acção das Mulheres está escandalizado com a total falta de humanismo” neste caso, afirmou Tahira Abdullah, membro da organização de defesa dos direitos das mulheres, exigindo a libertação imediata da menina e que esta seja tratada com base na legislação para menores.

O caso surge numa altura em que se debate a intolerância entre muçulmanos no Paquistão ou as leis contra a blasfémia do islão, que pode ser punida com a pena de morte. Activistas dos direitos humanos no país têm exigido uma reforma da legislação, nomeadamente a lei que prevê a prisão perpétua para quem seja acusado de desrespeitar o Corão.

Em muitos casos, aqueles que são acusados de blasfémia são mortos em ataques de multidões. Um desses casos foi registado no mês passado, quando um homem acusado de blasfémia, mentalmente instável, foi capturado de uma esquadra da polícia para ser queimado vivo na zona de Bahawalpur, na província de Punjab. A BBC lembra que no ano passado, Shahbaz Bhatti, ministro dos Assuntos Internos, foi morto depois de ter defendido a revisão da lei sobre a blasfémia. Dois meses antes, o governador de Punjab, Salman Taseer, foi também assassinado após ter assumido a mesma posição.

Entrevista a Bruto da Costa na Antena 1

Agosto 20, 2012 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

Entrevista a Alfredo Bruto da Costa na Antena 1 no dia 16 de Julho de 2012.

Alfredo Bruto da Costa, sociólogo com larga experiência em investigação sobre a pobreza em Portugal, analisa os casos que a Antena1 apresentou esta manhã de pessoas que se viram recentemente obrigadas a recorrer às cantinas sociais para terem uma refeição.

Bruto da Costa observa que falta uma rede de segurança mínima para pessoas pobres e alerta que há vários tipos de pobres. Há pobres empregados, há pobres reformados, e há pobres que são pessoas inativas, como as domésticas. O sociólogo explica que idosos e crianças são os grupos mais vulneráveis.

Nesta entrevista conduzida pelo jornalista Nuno Rodrigues, Bruto da Costa defende que o sistema de ensino é fulcral para quebrar o ciclo vicioso de pobreza entre gerações, sublinhando que o sistema português não está preparado para apoiar crianças de famílias pobres. Bruto da Costa avalia ainda negativamente a atuação do governo em relação à pobreza, criticando a visão assistencialista do executivo, a qual é demonstrada pela forma como tem agido em relação ao Rendimento Social de Inserção.

Ouça aqui a reportagem sobre as cantinas sociais, que é comentada por Bruto da Costa no início desta entrevista.

 

6.ª Edição do Concurso de Tradução Juvenes Translators 2012

Agosto 20, 2012 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

A Direção-Geral da Tradução (DGT) da Comissão Europeia organiza um concurso de tradução destinado às escolas da União Europeia. As principais fases do concurso são as seguintes:

  • preparação
  • prova de tradução
  • cerimónia de entrega dos prémios

O regulamento e as instruções relativas a cada fase do concurso são descritas em pormenor nos pontos 1 a 8.

PREPARAÇÃO

A fase de preparação inclui o anúncio de concurso, a inscrição e seleção das escolas, a inscrição dos alunos participantes pelas escolas e os preparativos locais (ver pontos 1 a 3).

A DGT anunciará o concurso no sítio Web do Juvenes Translatores: http://ec.europa.eu/translatores

As escolas que desejem participar devem inscrever-se por via eletrónica no sítio Web entre 1 de setembro e 20 de outubro de 2012 (ver ponto 1). O período de inscrição tem início e termina às 12h00 (meio-dia) dos dias referidos.


Entries e comentários feeds.