Concurso Escolar Segurança para Todos

Janeiro 10, 2012 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação, Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

O programa Segurança para todos da Renault acaba de lançar a 12.ª edição do concurso escolar Segurança para todos, que se destina a todas as turmas do 1.º Ciclo do Ensino Básico.

 Este ano o concurso vai ter como tema a Década de Ação pela Segurança no Trânsito, iniciativa promovida pela Organização das Nações Unidas e que conta com a Renault como parceiro oficial.

 Atualmente, em todo o mundo, cerca de 1,3 milhões de pessoas morrem vítimas de acidentes de viação e entre 20 a 50 milhões ficam feridas. A Década, que em Portugal é coordenada pela Direção-Geral de saúde, tem como grande objetivo reduzir o número de vítimas mortais e impulsionar todos os atores envolvidos (governos, órgãos judiciais, agentes de trânsito, profissionais de saúde, sociedade civil…) a agir em prol de um ambiente rodoviário mais seguro.

 O folheto de apresentação do concurso já foi enviado para as escolas, de qualquer forma poderá consultá-lo aqui no site, bem como o Regulamento integral deste desafio.

 Como habitual, o concurso consiste na criação de um cartaz (um por turma) e os autores do melhor cartaz terão a oportunidade de representar Portugal no Encontro Internacional Segurança para todos, que terá lugar em Paris em Junho de 2012.

Mais informações Aqui

The legal status of unaccompanied children within the International, European and National frameworks

Janeiro 10, 2012 às 1:00 pm | Publicado em Relatório, Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

 

Descarregar o documento Aqui

This document constitutes a first stage of the PUCAFREU project research process and proposes a theoretical and legal analysis of the legal treatment and status of unaccompanied migrant and asylum seeking children in different contexts and at different levels. However, considering that within the EU context the term predominantly used is “unaccompanied children” or “unaccompanied minors”, in this document the term of “unaccompanied children” is given priority. Moreover, as the contents of this document apply to all unaccompanied children, there will not be reference specifically to “unprotected unaccompanied children”.

With regard to the contents, the first chapter of this document examines the contents of the United Nations Convention on the Rights of the Child and its interpretation of – and adequate implementation to – the situation of unaccompanied children. This chapter is divided in four main sections. In the second stage, those children’s rights are studied that are directly linked to the care and protection of unaccompanied children. The third section deals with durable solutions particularly focusing on those that are often implemented to unaccompanied children within the European context. Finally, the fourth section is devoted to other rights or contents of the United Nations Convention that are relevant to the unaccompanied children’s legal treatment and status.

Summing up, the contents of this document reflect an overview of the legal regulations concerning unaccompanied children at both international (United Nations, European
Union and Council of Europe context) and national levels.These contents also identify some of the potential gaps and contradictions in legal regulations and constitute an ample basis from which to explore the probable root causes leading unaccompanied children living in the European Union space to refuse, abandon or be excluded from institutional care services and hence become unprotected.

O Meu Pé de Feijão – Oficinas Artísticas

Janeiro 10, 2012 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Teatro Infantil de Lisboa – TIL

O grande livro da feitiçaria é transportado pela voz da branquinha até à sala de aula ou mesmo aqui, no teatro.

A lenda de Jack é recuperada e a história revisitada através de um conjunto de imagens do espectáculo. O grande livro da feitiçaria transforma-se num pequeno palco onde os elementos da linguagem teatral são apresentados: figurinos, cenário, som e iluminação. A história de cada personagem percorre o pensamento de cada um e traduz-se na construção de uma partitura/dança desta antiga lenda.

No final assiste-se à construção de um “foto-teatrinho”, interpretado por cada criança e guardado (para ser muitas vezes revisitado) dentro de um palco mágico de papel.

Um momento oficinal de contacto com a linguagem performativa a teatral, a partir do universo da história “o mundo mágico de jack”. Actividades de promoção do universo dramático que desaguam em experiências de voz, artes plásticas, escrita e movimento.

Conjunto de oficinas artísticas para grupos de crianças dos 3 aos 5 e a partir dos 6 anos, artes plásticas, movimento e expressão dramática, que continuam o trabalho iniciado na sala do Teatro Armando Cortez.

Estas oficinas serão apresentadas no Teatro Armando Cortez aos domingos de manhã de 22 de Janeiro a 12 de Fevereiro de 2012 e estão também disponíveis para serem apresentadas em escolas, bibliotecas, municípios, juntas de freguesia, etc., a partir de Janeiro de 2012.

Informações para as oficinas na escola: 218860503

Reservas para as oficinas realizadas no Teatro: 217154057

Concepção e interpretação: Tânia Cardoso

Produção: TIL

Grupos até 30 crianças dos 3 aos 5 anos e a partir dos 6 anos;

Requisitos para apresenção fora do : Espaço amplo e desafogado; Aparelhagem.


Entries e comentários feeds.