Projecto Energia com Vida

Janeiro 6, 2012 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação, Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

O objetivo do energia com vida é formar equipas dentro das escolas com a finalidade de criarem projetos de apoio ao desenvolvimento humano na comunidade.

Após identificar os problemas existentes e fazer o levantamento da situação de proximidade da escola, pretende-se que as equipas desenvolvam e implementem “projetos solução” de intervenção efetiva que, de alguma forma, ajudem a resolver ou a minimizar os problemas encontrados.

Os projetos deverão enquadrar-se numa, ou mais, das seguintes áreas de intervenção: 1) Pobreza/Fome ; 2) Conviver com a diferença; 3) Doenças graves; 4) Desemprego; 5) População sénior; 6) Analfabetismo; 7) Sustentabilidade ambiental; 8) Parceria global para o desenvolvimento humano.

Toda a informação e passos a seguir encontram-se no Guia do professor que servirá de base e auxiliará as escolas na condução de todo o processo. Para além disso, receberão acompanhamento ao longo do ano, através do Gabinete de Comunicação do Projeto.

Mais informações Aqui

Childhood Obesity Surveillance Iniciative : Cosi Portugal 2008

Janeiro 6, 2012 às 1:00 pm | Publicado em Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , , , ,

Descarregar o estudo Aqui

No âmbito da iniciativa  European Childhood Obesity Surveillance Initiative- COSI,  da Organização Mundial da Saúde (OMS- Europa), foi constituído o primeiro Sistema Europeu de Vigilância Nutricional Infantil, tendo Portugal assumido a coordenação europeia desta iniciativa que contou com a participação de 13 países.

O COSI Portugal, coordenado pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP, disponibiliza a publicação onde são apresentados os resultados do primeiro ano de avaliação (2007/2008), cumprindo assim o objectivo de criação de uma rede de informação sistemática (a cada 2 anos), comparável entre os países da Europa, sobre as características do estado nutricional infantil de crianças dos 6 aos 8 anos.

Comer fruta na escola para lutar contra obesidade infantil

Janeiro 6, 2012 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social, Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Notícia do Diário de Notícias de 1 de Janeiro de 2012.

 A Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) quer incentivar as crianças até aos 10 anos a consumirem mais fruta diariamente e inverter a estatística nacional do consumo destes produtos que é de apenas dois por cento.

Para tal, a APCOI vai desenvolver, a partir de terça-feira, em várias escolas do país, o projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”.

A APCOI, organização sem fins lucrativos que centra a sua atividade na promoção da saúde das crianças com projetos de prevenção, formação e investigação sobre sedentarismo, má nutrição, obesidade infantil e restantes doenças associadas, pretende com esta iniciativa incentivar o consumo de fruta no lanche escolar nos jardins-de-infância e escolas do primeiro ciclo.

Este ano, a aposta da APCOI vai, mais uma vez, para iniciativas dirigidas às crianças, uma vez que a «a prevenção da obesidade infantil deve ser uma prioridade, ainda para mais numa altura em que a preocupação maior a nível nacional é a economia”, considera o presidente da organização Mário Silva.

O responsável defende igualmente que “prevenir a obesidade infantil é poupar a saúde das futuras gerações e evitar o desperdício de milhares de euros para remediar o problema quando ele já está instalado”.

Com um ano de existência, a APCOI faz um “balanço positivo” da sua atividade, adiantando que 954 crianças foram atendidas em rastreios nutricionais gratuitos, 1.627 crianças reforçaram os seus conhecimentos sobre alimentação saudável através de jogos pedagógicos realizados em escolas ou eventos infantis e 2.625 peças de fruta foram distribuídas em ações de sensibilização.

O Presidente da APCOI afirma que «o rastreio nutricional gratuito” feito junto da população infantil tem sido “fundamental no diagnóstico e encaminhamento de novos casos para tratamento, permitindo melhorar o futuro dessas crianças”.

A Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil vai realizar, em maio, a segunda edição da “Corrida Criança”, iniciativa de caráter solidário, cujos donativos revertem na totalidade para os projetos de prevenção, formação e investigação da APCOI.

Segundo a Comissão Europeia, Portugal está entre os países da Europa com maior número de crianças com excesso de peso: 32 por cento das crianças entre os 6 e os 8 anos têm excesso de peso e 14% são obesas. O sexo feminino apresenta valores superiores às do sexo masculino.

O último estudo do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) sobre obesidade infantil revela também que mais de 90% das crianças portuguesas come “fast-food”, doces e bebe refrigerantes, pelo menos quatro vezes por semana, menos de um por cento das crianças bebe água todos os dias e só dois por cento consome fruta fresca diariamente.


Entries e comentários feeds.