Faleceu a mulher que abrigou as mulheres da violência doméstica – Teresa Rosmaninho

Setembro 27, 2011 às 3:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

Notícia do Jornal de Notícias de 25 de Setembro de 2011.

Faleceu Teresa Rosmaninho, este domingo, vítima de cancro. Psicóloga clínica de formação, fundou, em 1994, o “Porto de Abrigo”, uma casa de apoio a mulheres vítimas de violência doméstica.

Morreu, este domingo, Teresa Rosmaninho. A mulher que tentou proteger as mulheres da violência doméstica, ao fundar, na Invicta, o “Porto de Abrigo”, em 1994, foi vitimada por um cancro, apurou o JN.

Nascida no Porto, a 25 de Abril de 1955, tinha 56 anos. Ex-assessora do Ministério da Justiça, desenvolveu um extenso trabalho de campo na área social.

Activista dos direitos das mulheres, fundou o “Porto de Abrigo”, casa de apoio no Porto para vítimas de violência doméstica, gerido pela “Soroptimist International Porto Invicta”, de que foi a primeira presidente.

Licenciada em psicologia clínica no Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), fez estudos complementares na Inglaterra, Holanda e Suíça.

Auditora de Defesa Nacional, Teresa Rosmaninho foi Técnica Superior do Ministério da Justiça e dirigiu o projecto INOVAR do Ministério da Administração Interna, destinado a melhorar o atendimento, na GNR e PSP, às vítimas de crime.

Militante do MRPP entre 1973 e 1975, Teresa Rosmaninho era militante do PS desde 2009.

 

TrackBack URI


Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: