Avós e netos a cozinhar juntos nas escolas

Julho 27, 2011 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Notícia do Público de 7 de Julho de 2011.

Por Fabiana Pais

Série Ideias de Origem Portuguesa – Projecto Culinarium

Com o objectivo de combater a exclusão social dos idosos, surge o projecto Culinarium. “Em 2050, a média de idade da população portuguesa vai ser de 50 anos”. É com esta afirmação que Sandra Ramos, de 29 anos, começa a explicar o projecto ao P2. “O Culinarium promove o envelhecimento activo da população” e, cada vez mais, “temos de desenvolver novas actividades para ocupar os nossos idosos”.

A ideia de Sandra, oriunda da Bélgica e que fez equipa com Cristina Silva Bastos, de 28 anos, e Francisco Pereira Gomes, de 31 anos, é juntar avós e netos na cozinha, na escola. O Culinarium é uma das dez ideias finalistas do concurso promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Talento, com o objectivo de premiar e pôr em prática uma ideia de portugueses na diáspora em colaboração com residentes.

O Culinarium quer combater dois problemas: o isolamento dos idosos e a obesidade infantil, através da promoção de uma alimentação saudável. Quem melhor do que os avós, que têm tempo, paciência e hábitos alimentares mais saudáveis, para iniciar as crianças às práticas agrícolas e à cozinha? “Novos saberes, novos sabores” é o slogan da ideia que deseja “partilhar receitas” e “reavivar a tradição gastronómica portuguesa”, reforçando os laços familiares.

“Tal como as crianças aprendem a ler, a escrever, a contar ou a fazer desporto, nós propomos que também aprendam a cozinhar para terem uma dieta equilibrada e uma vida mais saudável”, continua Sandra Ramos. Mas desenganem-se os professores se pensam que vão ter mais trabalho. É aqui que entram os idosos, os avós, para que tenham uma ocupação útil. “Vamos fazer com que as crianças e os avós sejam os embaixadores da alimentação saudável junto das famílias”, imagina Sandra Ramos.

Da teoria à prática, a ideia finalista quer lançar o projecto-piloto numa instituição em Cascais. “Queremos actuar junto das crianças mais novas, para combater o problema da obesidade de raiz, e não quando já estão com excesso de peso”, explica Sandra, que foi para Bruxelas há três anos.

Numa época de crise em que as hortas urbanas estão a ressurgir nas cidades, o projecto quer ainda levar as hortas para a escola, num “regresso ao que é tradicional, saudável e biológico”. A equipa quer partir de Cascais para o resto do país, tendo já programado datas concretas para a realização e expansão do projecto: a 12 de Janeiro de 2012, o Culinarium é implementado; sete meses depois, no início do ano lectivo de 2012/2013, a experiência poderá alargar-se a todo o país. De seguida, a equipa quer fazer intercâmbios “entre os vários núcleos” onde se aplicou a ideia Culinarium, juntando avós e netos de todas as regiões do país. “Queremos assim promover uma troca de experiências gastronómicas a nível nacional”. E depois virá o livro de receitas.

Para pôr o projecto no terreno, caso o Culinarium não ganhe o prémio de 50 mil euros do concurso Faz – Ideias de Origem Portuguesa, a equipa espera obter apoios das autarquias, à semelhança do que foi feito na Austrália, com o programa The Kitchen Garden Foundation, no qual Sandra Ramos se inspirou.

Gosta de levar o seu filho a festivais? Então este artigo interessa-lhe

Julho 26, 2011 às 9:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Notícia do i de 18 de Julho de 2011.

por Cláudia Reis

Chega o Verão, chegam os festivais. Música, diversão e, por vezes, alguns excessos. No entanto, há pais que não se inibem de levar os filhos para os grandes eventos de música.
Um estudo publicado no Reino Unido, pelo Guardian, e que envolveu 1500 pais revela que cerca de um quinto dos pais levaram os seus filhos, com menos de cinco anos, para festivais musicais no ano passado.
Apesar das recomendações de várias associações, o apelo para levar crianças para estes espaços é cada vez maior. Ateliers, workshops e espaços de diversão próprios para crianças, instalados nos recintos dos festivais, são um chamariz.
Assim para os pais que querem divertir-se e levar consigo os seus filhos é importante seguir algumas sugestões e ter cuidados redobrados.
Deve indicar um ponto de referência ao seu filho assim que entrem para o recinto; levar um amigo ou familiar que possa cuidar do seu filho enquanto se diverte ao som de uma banda; não seja demasiado protector (nem obrigue o seu filho a ouvir uma banda de que goste e que provavelmente detesta) e deixe-o divertir-se em algumas das distracções do recinto; diga-lhe algumas regras que ele deve seguir e, sobretudo, alerte-o para não aceitar nada de estranhos; vá a festivais onde possa entrar e sair do recinto à vontade para que as crianças não se sintam fatigadas.
No entanto, se preferir poupar os seus filhos às confusões e às multidões não tenha receio de os deixar sob a responsabilidade de alguém em quem confia.
Seguindo estes passos,  vai certamente divertir-se, livrar-se de uma birra dos seus filhos e poupá-los a uma “seca”.   

A Dança da Duna Luna da Praia de Faro – Livro Online

Julho 26, 2011 às 1:00 pm | Publicado em Livros, Recursos educativos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

 

Descarregar o livro Aqui

2.º Congresso Internacional: Derrubar Barreiras. Facilitar Percursos

Julho 26, 2011 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Inscrições devem ser remetidas até 31/07/2011

Mais informações Aqui

Dia dos Avós no Museu da Marioneta

Julho 25, 2011 às 9:00 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Das 10:30 às 12:30 – Durante a manhã, avós e netos unem-se na exploração do fascinante mundo das marionetas. Com as pistas espalhadas pelo museu vamos mergulhar na descoberta deste universo…
Das 14:30 às 17h – Durante a tarde, vamos jogar com contrastes de luz, sombra e cor a partir da criação de uma marioneta muito especial

Participação gratuita para avós com netos

Convento das Bernardas
Rua da Esperança, n° 146
1200-660 Lisboa

Tel +351 213 942 810
Fax +351 213 942 819
Geral museudamarioneta@egeac.pt
Web www.museudamarioneta.pt

Crianças devem fazer exercício 3 horas por dia

Julho 25, 2011 às 1:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Notícia da Pais & Filhos de 11 de Julho de 2011.

As crianças com menos de cinco anos de idade devem fazer exercício, pelo menos, três horas por dia, segundo as novas recomendações do governo britânico, divulgadas pela jornal Sunday Times.

 As novas orientações aconselham ainda os bebés a frequentarem aulas de natação e a fazerem alongamentos e ginástica no tapete de actividades. As crianças que já andam devem caminhar, pelo menos, 15 minutos por dia, durante saídas de rotina, como ir para a creche ou ao médico.

A professora Dame Sally Davies, directora médica do governo britânico, sublinha que «para as crianças que ainda não andam, há evidências consideráveis de que deixá-las rastejar, brincar e rolar no chão é essencial durante os primeiros anos». Ainda segundo Davier, os bebés de hoje em dia passam demasiado tempo em cadeirinhas auto e em espreguiçadeiras, o que lhes retira a possibilidade de praticarem este tipo de actividades.

Estas orientações, que serão publicadas em breve, são também uma tentativa de prevenir e combater os elevados índices de obesidade.

 Ler a notícia mais completa da BBC News :

Parents offered advice on exercise for under-5s

Jovens portugueses que frequentam ambientes recreativos nocturnos. Quem são e comportamentos que adoptam

Julho 25, 2011 às 6:00 am | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Artigo da Revista Toxicodependências

RESUMO

Os ambientes recreativos nocturnos têm conquistado, na actualidade, um protagonismo crescente na vida juvenil, determinando estilos de vida e legitimando comportamentos tidos como necessários para a obtenção da diversão e do prazer imediato. É neste contexto que se assiste à generalização e normalização do consumo recreativo de álcool e drogas bem como à adopção de outros comportamentos de risco associados.Este estudo pretende delinear o perfil dos jovens portugueses que frequentam estes locais de diversão e determinar quais os comportamentos que adoptam decorrentes do seu envolvimento nestas actividades a partir de um estudo descritivo realizado numa amostra de 1257 jovens frequentadores de ambientes recreativos nocturnos, com idades compreendidas entre os 15 e os 35 anos, oriundos de 9 cidades portuguesas, dando particular ênfase às suas características sociodemográficas, aos seus hábitos recreativos e modo como se deslocam para os locais de diversão. São ainda analisados os comportamentos por estes adoptados no âmbito do consumo de substâncias psicoactivas, sexualidade, condução rodoviária e violência.

 IN : Toxicodependências .- ISSN 0874-4890 .- vol. 17, nº1 (2011), p. 3-15.

Descarregar o artigo Aqui

55% dos pais vigia a actividade dos filhos no Facebook

Julho 24, 2011 às 1:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Notícia do Destak de 20 de Julho de 2011.

A notícia original é a seguinte:

More than half of parents snoop on their children’s online activity : 55% of parents “keep an eye” on a son or daughter by checking their social networking profile

 55% dos pais britânicos vigiam as actividades dos filhos no Facebook. O estudo foi realizado por uma empresa de software do Reino Unido e revelado pela BBC.De acordo com a BBC, o estudo afirma que mais de metade dos progenitores verificam o que os filhos fazem na rede social e apenas 5% não o faz exactamente por não saber como fazê-lo.

A investigação que incidiu sobre 2000 usuários revelou que quatro em cada 10 pais verificam de forma regular o status dos filhos e 40% controlam os perfis para lerem as mensagens do mural. Já 30% dos pais analisam mesmo as fotografias postadas pelos amigos.

Mais de um terço dos pais admitiu que é super-protector e apenas 24% crê que se trata da única forma de «saber o que os filhos fazem». Aliás, um em cada 10 pais admitiu mesmo que só aderiu à rede social para ter acesso às informações dos filhos. que terá sido a única razão para terem aberto uma conta no Facebook.

A investigação revelou ainda que 16% dos pais tentaram ser amigos dos filhos na rede social, sendo que 30% tiveram o pedido recusado.

Workshop “Voluntários em Acção: Sessão Prática com série de jogos pedagógicos”

Julho 23, 2011 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

 Data: Início a 30 de Julho; Local: ASAS, Santo Tirso.

Informações: Tel.: 252 830 830 | E-mail: paula.reis@asassts.com

Por dia, 2500 jovens são infectados com o VIH, diz o Relatório “Oportunidades na Crise”

Julho 22, 2011 às 9:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social, Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Descarregar o relatório Aqui

Comunicado de Imprensa

« Página anteriorPágina seguinte »


Entries e comentários feeds.