Acção de Sensibilização “Tráfico de Seres Humanos e Minorias Étnicas”

Janeiro 6, 2011 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Curtas de Cinema Documental Jovem

Janeiro 6, 2011 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

“A Oikos – Cooperação e Desenvolvimento lançou o concurso “Curtas de Cinema Documental Jovem”, dirigido a estudantes do ensino básico e secundário, com idades entre os 12 e os 21 anos (inclusive).

Os participantes deverão elaborar um filme sobre os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio, recorrendo a qualquer tipo de recurso: câmaras digitais, telemóveis, etc., com duração máxima de 3 minutos.

As inscrições e envio das curtas-metragens poderão ser efectuadas até ao dia 28 de Fevereiro de 2011. Mais informações acerca deste concurso “em http://oikos.blogs.sapo.pt/

Curso Dificuldades de Aprendizagem Específicas de Leitura, Escrita e Cálculo

Janeiro 6, 2011 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Formadores

Maria da Piedade Ramos
(Docente Especializada em Educação Especial e Mestre em Gestão Curricular)

Cláudia Alfaiate
(Psicóloga, Mestre em Psicologia do Desenvolvimento)

Local

Psikontacto, Coimbra

Horário

15 de Janeiro de 2011 – 9h30m – 12h30m e 14h30m – 17h30m

22 de Janeiro de 2011 – 9h30m – 12h30m e 14h30m – 17h30m

29 de Janeiro de 2011 – 9h30m – 12h30m e 14h30m – 17h30m

Limite de inscrições
30

Duração
18 horas

Resumo
O conceito de dificuldades de aprendizagem (DA) surgiu da necessidade de se compreender a razão pela qual um conjunto de alunos, sem défices visíveis, experimentava insucesso escolar, especialmente em áreas como a leitura, a escrita ou o cálculo.
Este conceito subentendeu, de imediato, uma discapacidade (dificuldade/perturbação) para a aprendizagem, numa ou mais áreas académicas, não condizente com o potencial intelectual do aluno, geralmente na média ou acima desta, entrando em conflito com os problemas de aprendizagem generalizados do aluno cujo potencial intelectual se situa abaixo da média.
De acordo com um vasto conjunto de investigações nacionais e internacionais, as dificuldades podem ocorrer em áreas muito diversas, designadamente nas que se relacionam com a linguagem escrita e a linguagem quantitativa, constituindo as crianças e jovens portadores de DA, o maior grupo de indivíduos com necessidades educativas especiais.
Importa, pois, analisar o funcionamento destes sistemas de linguagem (linguagem visual receptiva – leitura; linguagem visual expressiva – escrita; linguagem quantitativa – matemática), bem como as dificuldades específicas que neles podem surgir (dislexia, disortorgrafia, disgrafia, discalculia).
Todas estas dificuldades podem ser superadas em tempo útil, mediante um diagnóstico precoce e pluridisciplinar e uma intervenção adequada à sua especificidade. Esta tarefa é, contudo, muito complexa, quer pela diversidade de conceitos inerentes a esta problemática, quer pelo facto de a mesma não estar incluída no currículo da formação inicial da maioria dos profissionais intervenientes no processo de avaliação e intervenção.
Nesta perspectiva, considera-se importante, no âmbito desta acção de formação, criar um espaço de reflexão e de clarificação conceptual destas dificuldades, bem como apresentar formas de diagnóstico e de intervenção e casos práticos de crianças e jovens com DAE.

Mais informações Aqui


Entries e comentários feeds.