17 Outubro – Dia Internacional para Erradicação da Pobreza

Outubro 15, 2010 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

 

Mais informações sobre este dia Aqui

Debate «Quando o bullying nos bate à porta»

Outubro 15, 2010 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

“A Câmara de Oliveira de Azeméis, em parceria com a Federação Concelhia das Associações de Pais, promove, no dia 16 de Outubro, pelas 21h30, na biblioteca municipal Ferreira de Castro, o debate «Quando o bullying nos bate à porta».
A iniciativa, enquadrada no projecto de «Formação Parental», conta com a presença da Magistrada do Ministério Público, Edite Pinho, da psicóloga clínica, Tânia Paias e do psicólogo e representante da DREN, Paulo Fonseca e tem como objectivo dotar os agentes educativos de competências para ajudar as crianças e os jovens a gerir as situações de violência na escola, contribuindo para a compreensão do conceito e contextos do bullying.
O projecto, prevê a realização de encontros temáticos a actividades lúdicas para proporcionar aos pais espaços de debate e esclarecimento sobre temas actuais relacionados com a educação.
As crianças aprendem a integrar-se em grupos, a aceitar as diferenças entre as pessoas e a obter satisfação na relação com o outro.”

Voto de Pesar pelo falecimento da Prof. Doutora Paula Escarameia

Outubro 15, 2010 às 12:17 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

O Instituto de Apoio à Criança associa-se ao Voto de Pesar  da Assembleia da República pelo falecimento da Professora Doutora Paula Escarameia, aprovado no dia 8 de Outubro de 2010. O IAC entendeu associar-se a este voto de pesar, proposto pela Associação Portuguesa de Mulheres Juristas, porquanto, pese embora seja mais conhecida a sua luta pelos direitos das mulheres, o certo é que foram os direitos humanos a sua bandeira e não podemos esquecer a sua contribuição, enquanto membro do Grupo de Trabalho que redigiu o Estatuto do Tribunal Penal Internacional para que não constassem as crianças do elenco de pessoas que podiam ser julgadas pelo Tribunal Penal Internacional (Artigo 26.º).

 

 

Voto de Pesar

(pelo falecimento da Professora Doutora Paula Escarameia)

A Professora Doutora Paula Ventura de Carvalho Escarameia foi uma mulher notável, uma portuguesa ilustre, reconhecida nas mais prestigiadas organizações internacionais pelo seu talento e trabalho de extraordinária qualidade, sendo considerada uma especialista em Direito Internacional Público.

Nascida em Lisboa, em 1 de Junho de 1960, era Professora Associada com Agregação, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas e Professora Convidada da Faculdade de Direito da Universidade Nova.

Doutorada em Direito Internacional Público, pela Faculdade de Direito de Harvard (1988), onde obtivera também um Mestrado em 1986.

Paula Escarameia, licenciada em Direito, na Faculdade de Direito da Universidade Católica de Lisboa, em 1983, obtém o Diploma em Relações Internacionais, na Universidade Johns Hopkins, Bologna Center, em 1984.

Em 2002, é membro da Comissão de Direito Internacional das Nações Unidas e equiparada a Subsecretária-Geral desta organização, para o mandato de 2007-2011. Foi a primeira mulher jurista a ser eleita para esta Comissão.

Desde 2005, integrava a lista de Juízes-Árbitros do Tribunal Permanente de Arbitragem, em Haia.

A Professora Doutora Paula Escarameia foi uma incansável defensora dos Direitos Humanos das mulheres e teve um papel determinante na elaboração, aprovação e entrada em vigor do Estatuto do Tribunal Penal Internacional, diploma que foi considerado inovador em variadas áreas temáticas, com especial relevo para as matérias consagradas à luta contra a violência sobre as mulheres.

Com inúmeras publicações em Direito Internacional Público, leccionou em várias universidades portuguesas e estrangeiras, proferiu conferências e seminários nas Nações Unidas, na ordem dos Advogados Britânica, nas Universidades de Princeton, Harvard, entre outras, mas também na Assembleia da República, em Portugal.

Foi Conselheira Jurídica da Missão de Portugal junto das Nações Unidas, entre 1995 e 1998, representando o nosso país em negociações e debates no âmbito de Convenções Internacionais, em áreas tão diversas como as do Terrorismo Internacional, dos Crimes Internacionais, ou do Direito do Mar.

Esta insigne jurista foi também uma activista da luta do povo de Timor-Leste, tendo sido uma das fundadoras da Plataforma Internacional de Juristas que apoiou juridicamente este processo de independência, dentro da comunidade internacional.

Pelos seus reconhecidos e inegáveis méritos, foi agraciada com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, em 2002.

A Professora Doutora Paula Escarameia era membro honorário da Associação Portuguesa de Mulheres Juristas.

Faleceu na segunda-feira, dia 4 de Outubro.

À sua família, aos seus amigos, a todas e a todos quantos a conheceram e estimaram, a Assembleia da República expressa sentidas e profundas condolências e homenageia uma portuguesa ilustre, uma mulher que lutou por um mundo melhor e mais justo, uma mulher que honrou o seu país.

Palácio de São Bento, 8 de Outubro de 2010.

 

Workshop “A princesa dos 3 castelos”

Outubro 15, 2010 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

“O Museu de Évora, em colaboração com o Departamento de Pedagogia e Educação da Universidade de Évora, realiza no próximo dia 28 de Outubro, às 18 horas, o Workshop “A princesa do 3 Castelos“, com D’Arcy Albuquerque, autora e ilustradora do livro. A autora fala sobre a complexidade e articulação do(s) processo(s) criativo(s) da obra em suas componentes: o texto (o contacto entre o texto ficcional e o histórico), a ilustração (do desenho a lápis à pintura digital ) e o projecto gráfico.

As inscrições são gratuitas (vagas limitadas) e podem ser feitas por telefone 266 702 604 ou através do e-mail mevora@imc-ip.pt .

Uma iniciativa com o apoio do Departamento de Pedagogia e Educação da Universidade de Évora em estreita colaboração com o Museu de Évora.”

sobre a autora (portfolio disponível em: www.darcyalbuquerque.com

“biografia multicor : D’Arcy nasceu. Mais ou menos com treze anos de idade. Ilustradora, estudou letras, francês e português, por falta do que fazer. Estudou arquitectura para fazer o que faltava. Escreve e inventa sonhos para crianças, porque sabe exactamente o que é preciso fazer. Já publicou meia dúzia de livros, seja sozinha ou em parceria, principalmente infanto-juvenis (sua praia em dia de sol!), mas também ilustrando, fazendo capas e projectos gráficos mirabolantes para livros científicos, de poesia ou prosa de autores brasileiros e portugueses. Actualmente vive e desenvolve seus projectos em Portugal. Trabalha do traço de lápis borrado com saliva, passando pelos bonecos de plasticina (massa de modelar), até as técnicas de desenho digital mais actuais. D’Arcy Albuquerque floresceu num pedaço da Amazônia brasileira, muito perto das águas dos rios e das águas do oceano, bem no lugar onde elas se misturam. Talvez por isso em suas obras água seja uma tinta multicor.” by Paulo Vieira, poeta paraense. ( http://vieiranembeira.blogspot.com


Entries e comentários feeds.