Denúncias de abuso sexual de menores triplicaram desde início do caso Casa Pia

Setembro 2, 2010 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas:

O número de inquéritos relacionados com abusos sexuais de menores, com menos de 14 anos, investigados pela Polícia Judiciária (PJ) triplicou entre 2002 e 2009. Se no ano em que rebentou o caso Casa Pia havia 447 casos, no ano passado foram 1216. “O escândalo teve um impacte muito grande na nossa sociedade e, depois da Casa Pia, tivemos um boom de casos”, diz a inspectora Paula Videira.

Também antes do caso, “não havia na PJ um serviço de prevenção de crimes sexuais”: “Foi instituído em 2004, para haver mais rapidez na resposta. Este serviço inclui o abuso sexual de menores”, explica Paula Videira, acrescentando que, antes, era ao piquete que cabia essa missão. “Não havia um sistema autónomo e é muito melhor ser um grupo especializado em crimes sexuais”, defende.

Ainda por causa do caso Casa Pia foi alterada, na directoria de Lisboa, uma sala destinada a crianças vítimas de abusos sexuais. A sala já existia pelo menos desde início de 2002, mas foi reestruturada, em 2005, também com o objectivo de imprimir mais rapidez na resposta às inúmeras situações que começaram a chegar às mãos dos inspectores.

Leia mais AQUI.

TrackBack URI


Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: