Campos de Férias Verão 2010

Julho 5, 2010 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Pais aprendem a salvar os filhos em casos de emergência

Julho 5, 2010 às 1:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Artigo do Expresso de 4 de Julho de 2010.

Fotografia de Mário Lino

Fotografia de Mário Lino

No Algarve, os enfermeiros estão a formar pais para reagirem a casos graves como afogamentos em praias ou piscinas. Mas lembram que o melhor remédio se chama prevenção. (Veja o vídeo)

Mário Lino

“Às vezes, basta colocarmo-nos ao nível das crianças para perceber que há aquele bibelot de vidro que se pode partir, uma ventosa que ele ou ela pode engolir e sufocar, uma tomada desguarnecida que o pode electrocutar”. José Neutel, enfermeiro, sabe bem do que fala.

Pai de quatro filhos, nunca precisou de recorrer em casa a técnicas de reanimação ou suporte básico de vida, mas na ambulância do INEM em que trabalha, lamenta muitas vezes que os pais não sejam mais cuidadosos.”O grande mote é mesmo a prevenção, depois tentar manter a calma e pedir ajuda. Em seguida, iniciar se for necessário as manobras de suporte básico de vida”, explica.

Algo que os cerca de 20 pais da primeira aula de suporte básico de vida pediátrico tiveram que aprender, fazendo uso de bonecos próprios para o efeito, como a Maria: “A Maria não respira? Já viu se tem algum objecto na boca? Pode iniciar as cinco insuflações e as 30 compressões”, explicam os enfermeiros – nove ao todo – a cada pai que se ajoelha em frente ao seu filho ‘de faz de conta’.

Manobras não são complicadas, mas exigem treino

Os procedimentos a ter em conta devem seguir uma ordem específica e destinam-se a manter vivos os órgãos vitais – cérebro, coração, fígado, pulmões e rins – até à chegada das viaturas de emergência, em casos de paragem cardio-respiratória, comuns em afogamentos ou traumatismos.

Basta lembrar que num espaço tão curto como cinco minutos sem oxigenação, uma criança pode ficar com lesões cerebrais permanentes, pelo que as manobras de reanimação podem ser fundamentais para separar a vida da morte.

O curso decorre todos os sábados entre as 09h00 e as 17h00 no Centro de Formação o Hospital Central de Faro, com acesso gratuito, mediante inscrição através da Delegação do Sul da Ordem dos Enfermeiros.

Recorde-se que ainda esta semana houve mais um caso mortal de afogamento numa piscina particular, na Quinta do Lago, com uma menina que tinha apenas três anos. A criança tentou agarrar uma boneca e caiu à água e esteve pouco tempo submersa, mas acabou por entrar em paragem cardio-respiratória, que lhe foi fatal.

Livros a Pontapé

Julho 5, 2010 às 6:00 am | Publicado em Apresentação de slides | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Artigo da Pública de 27 de Junho de 2010 sobre livros relacionados com futebol para crianças em formato SlideShare.


Entries e comentários feeds.