Clube de Inteligência Emocional

Junho 5, 2010 às 1:00 pm | Publicado em Recursos educativos | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

“O propósito do projecto IEE – Inteligência Emocional na Escola – Aprender a ser feliz é criar nas escolas o Clube de Inteligência Emocional e que funcionará como “laboratório de emoções”, onde estas são trabalhadas de uma forma prática e assim ajudar os alunos a desenvolver a sua inteligência emocional, ou seja, a capacidade para perceber, compreender, usar, e regular as suas emoções e as dos outros de uma forma natural.
Este projecto, nasceu no ano lectivo 2006/2007, com o Clube de Inteligência Emocional na Escola E.B. 2,3 de S. João da Madeira e foi alvo de uma investigação ao nível de um Mestrado em Activação do Desenvolvimento Psicológico da Universidade de Aveiro, realizado pela Drª Isabel Ramos, sob a orientação do Professor Doutor Carlos Fernandes da Silva, tendo por título “Medição da Eficácia do Treino de Competências de Inteligência Emocional”.
Na introdução deste trabalho pode ler-se: ”Os alunos que frequentam o Clube de Inteligência Emocional da Escola E.B. 2,3 de São João da Madeira criado por Manuela Queirós, dizem que o trabalho com as emoções os tem ajudado a encontrar um equilíbrio e serenidade emocionais necessários para lidar com diversas situações do dia-a-dia, como por exemplo, a agressividade nas relações com os colegas e professores”.
A Inteligência Emocional (Salovey et al., 1995) é definida como a habilidade individual para perceber, clarificar e gerir as nossas emoções e as emoções dos outros de forma a facilitar os processos cognitivos e promover o crescimento pessoal e intelectual. É entendida como uma habilidade individual para reparar os estados emocionais negativos e manter os positivos. (Queirós et al., 2005).
São desenvolvidos quatro domínios: a Percepção das emoções (habilidades envolvidas na identificação de sentimentos por estímulos), o Uso das emoções (na capacidade de empregar as informações emocionais para facilitar o pensamento e o raciocínio), Entender emoções (habilidade de captar variações emocionais nem sempre evidentes) e o Controle e gestão da emoção, que constitui o aspecto mais facilmente reconhecido da inteligência emocional e que é a aptidão para lidar com os próprios sentimentos.
O Projecto IEE será avaliado por uma entidade externa à escola, a nível de uma investigação de doutoramento e os resultados da avaliação externa serão divulgados através da produção de um artigo científico, artigo de revista / jornal regional / nacional, de um vídeo, de uma conferência, etc.
Nesta fase, o projecto terá incidência nos concelhos de S. João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vila Nova de Gaia, Santa Maria da Feira, Vagos e Coimbra.
Mediante os resultados da avaliação externa, o Projecto IEE poderá ser proposto (ou não) o seu alargamento e generalização a todas as escolas do País.”

Mais informações, Aqui


Entries e comentários feeds.